quinta-feira, 8 de janeiro de 2015




"Me disseram isto... e confesso... eu sou .

Vivo de certezas não vistas, de fatos não acontecidos, de sentimentos não vividos e guardo tudo dentro de um "ainda" que se encaixa bem na palavra "esperança" ..

Sem pretensão alguma quero ter sucesso na vida, quero poder realizar meus sonhos, alcançar meus objetivos, cumprir minhas metas, chegar no topo não de uma montanha , mas de uma realização esperada . Meu coração é sonhador e talvez seja por isto que ele bate tanto cada vez que Deus me diz "continue" , deve ser por este motivo que ele faz com que meus olhos se molhem cada vez que eu ultrapasso um obstáculo, ou venço uma batalha .


Me sinto protegida , guardada , cuidada por aquele que me faz sonhar , e não sei como agradecê-lo por cada livramento que Ele me da.

Já me disseram também que sou devagar demais , mas é que na verdade toda espera nos cobra passos lentos, e eu "cá" amo observar os caminhos , e as pessoas que encontro por ele.


Atualmente estou vivendo um tempo bonito, não fácil, mas bonito, não perfeito, mas interessante, não impossível, mas distante e desistir é uma palavra que deletei do meu dicionário , por que eu ainda sou daquelas que acredito .. que sonho ... e que creio nos planos imensuráveis do Senhor pra minha vida e no tempo aceitável d'Ele também. Eu Chego lá...

Ops..."nós" chegaremos"

Por Cecília Sfalsin