sexta-feira, 12 de junho de 2015

 


"Tente. Tente outro dia. Tente outro corte de cabelo.
Tente outra música. Outro filme. Uma nova sobremesa.
Tente. Outra porta. Uma nova janela. Uma saída estratégica. Um novo passo de dança. Um vestido diferente. Uma palavra mais branda. Uma rua nova. Tente uma voz mais cristalina.
Continue tentando uma loucura diferente. Um abraço mais caloroso. Outra verdade. Outra ideia. Outro plano. Outro caminho. Outro conceito. Outra esquisitice. Outro edredom. Outro charme. Outra intenção. Outro antídoto. Outra dor. Outro amor. E arrependa-se apenas de não ter tentado."


Por Ita Portugal