sábado, 19 de julho de 2014


"Para se roubar um coração, é preciso
que seja com muita habilidade, tem que
ser vagarosamente, disfarçadamente, não
se chega com ímpeto,
não se alcança o coração de alguém com pressa."
 
 Por Luís Fernando Veríssimo