quarta-feira, 30 de julho de 2014


Tem certas pessoas, que não precisam ir embora pra você saber do tamanho da falta que elas lhe farão.
 Essas mesmas, não precisam voltar pra ter acesso ao seu coração, pois elas nunca saíram de lá. Tudo o que passamos, estará aqui comigo, estará com você, e toda distancia será apenas um mero detalhe, por maior que possa ser.
 
"Sigo a vida conforme o roteiro, sou quase normal por fora, pra ninguém desconfiar. Mas por dentro eu deliro e questiono. Não quero uma vida pequena, um amor pequeno, um alegria que caiba dentro da bolsa. Eu quero mais que isso. Quero o que não vejo. Quero o que não entendo. Quero muito e quero sem fim. Não cresci pra viver mais ou menos, nasci com dois pares de asas, vou aonde eu me levar. Por isso, não me venha com superfícies, nada raso me satisfaz. Eu quero é o mergulho. Entrar de roupa e tudo no infinito que é a vida. E rezar – se ainda acreditar – pra sair ainda bem melhor do outro lado de lá."
 
Por Fernanda Melo

terça-feira, 29 de julho de 2014

Hoje é tempo de ser feliz!

HOJE É TEMPO DE SER FELIZ!

A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a idéia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver.

Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existencia as mais diversas formas de sementes.

Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro que somos. Um dia, tudo o que agora silenciosamente plantamos, ou deixamos plantar em nós,será plantação que poderá ser vista de longe...

Para cada dia, o seu empenho. A sabedoria bíblica nos confirma isso, quando nos diz que "debaixo do céu há um tempo para cada coisa!"

Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.

Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da terra que somos, frutos que sejam agradáveis aos olhos!

Infelicidade, talvez seja o contrário.

O que não podemos perder de vista é que a vida não é real fora do cultivo. Sempre é tempo de lançar sementes... Sempre é tempo de recolher frutos. Tudo ao mesmo tempo. Sementes de ontem, frutos de hoje, Sementes de hoje, frutos de amanhã!

Por isso, não perca de vista o que você anda escolhendo para deixar cair na sua terra. Cuidado com os semeadores que não lhe amam. Eles têm o poder de estragar o resultado de muitas coisas.

Cuidado com os semeadores que você não conhece. Há muita maldade escondida em sorrisos sedutores...

Cuidado com aqueles que deixam cair qualquer coisa sobre você, afinal, você merece muito mais que qualquer coisa.

Cuidado com os amores passageiros... eles costumam deixar marcas dolorosas que não passam...

Cuidado com os invasores do seu corpo... eles não costumam voltar para ajudar a consertar a desordem...

Cuidado com os olhares de quem não sabe lhe amar... eles costumam lhe fazer esquecer que você vale à pena...

Cuidado com as palavras mentirosas que esparramam por aí... elas costumam estragar o nosso referencial da verdade...

Cuidado com as vozes que insistem em lhe recordar os seus defeitos... elas costumam prejudicar a sua visão sobre si mesmo.

Não tenha medo de se olhar no espelho. É nessa cara safada que você tem, que Deus resolveu expressar mais uma vez, o amor que Ele tem pelo mundo.

Não desanime de você, ainda que a colheita de hoje não seja muito feliz.

Não coloque um ponto final nas suas esperanças. Ainda há muito o que fazer, ainda há muito o que plantar, e o que amar nessa vida.

Ao invés de ficar parado no que você fez de errado, olhe para frente, e veja o que ainda pode ser feito...

A vida ainda não terminou. E já dizia o poeta "que os sonhos não envelhecem..."

Vai em frente. Sorriso no rosto e firmeza nas decisões.

Deus resolveu reformar o mundo, e escolheu o seu coração para iniciar a reforma.

Isso prova que Ele ainda acredita em você. E se Ele ainda acredita, quem sou eu pra duvidar... (?)
Padre Fábio de Melo

segunda-feira, 28 de julho de 2014



"Todas as relações do mundo possuem sua prateleira de cristais. Há sempre um suspense, uma delicadeza ao transitar pela fragilidade do outro.
 Melhor não falar muito alto, é mais prudente ir devagar e com cuidado. Para não estragar, pra não quebrar, pra durar por muitos séculos..."
Por Martha Medeiros
"Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça."
Por Mário Quintana

domingo, 27 de julho de 2014

 
Tenho tanto sentimento

Que é frequente persuadir-me

De que sou sentimental,

Mas reconheço, ao medir-me,

Que tudo isso é pensamento,

Que não senti afinal.


Temos, todos que vivemos,

Uma vida que é vivida

E outra vida que é pensada,

E a única vida que temos

É essa que é dividida

Entre a verdadeira e a errada.


Qual porém é a verdadeira

E qual errada, ninguém

Nos saberá explicar;

E vivemos de maneira

Que a vida que a gente tem

É a que tem que pensar.
 
Por Fernando Pessoa
 

quinta-feira, 24 de julho de 2014

 
 
"Deixe saudade e nada mais
Por que é que os corações não são iguais"

 
Música Roupa Nova
"Jesus às vezes se disfarça de mendigo pra testar a bondade dos homens." 
Por Ariano Suassuna em: O Auto da Compadecida
 

quarta-feira, 23 de julho de 2014

E o céu ganha mais uma estrela...O poeta Ariano Suassuna. 1927 -2014

"Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas."
 
Por Ariano Suassuna


"Viver sem emoção é vegetar. A cada nova madrugada, há que limpar os poros do sentimento onde se acumula o hábito."

 Por Fernando Pessoa

domingo, 20 de julho de 2014

Dia do amigo - 20 de Julho

Aos meus amigos com carinho...


 
"Amigo é aquela pessoa que o tempo não apaga, que a distância não esquece, que a maldade não destrói. É um sentimento que vem de longe, que ganha lugar no seu coração, e você não substitui por nada. É alguém que você sente presente, mesmo quando está longe. Amigo não é coisa de um dia, são atos, palavras e atitudes que se solidificam com o tempo e não se apagam mais. Que ficam para sempre.
Eu acredito que os amigos são mais ou menos anjos, que levantam nossos pés quando nossas asas esquecem como se voa."

sábado, 19 de julho de 2014


"Para se roubar um coração, é preciso
que seja com muita habilidade, tem que
ser vagarosamente, disfarçadamente, não
se chega com ímpeto,
não se alcança o coração de alguém com pressa."
 
 Por Luís Fernando Veríssimo

João Ubaldo Ribeiro - Saudades eternas. 1941 - 2014

"Em tese, somos capazes de nos apaixonar por tantas pessoas quantas sejamos capazes de lembrar, o limite é este, não um ou dois, ou três, ou quatro, ou cinco, ou dezessete, todos esses números são arbitrários, tirânicos e opressores."

 João Ubaldo Ribeiro - "A casa dos budas ditosos"

terça-feira, 15 de julho de 2014



"Estava uma bagunça dentro de mim, então resolvi organizar. Mas meu coração estava tão empoeirado que levei dias para colocar tudo no lugar. Coisa sobre coisa, razão sobre razão, medo sobre medo..

Enfim, tudo no seu lugarzinho. E eu tão formal. Tão racional. Quando estava assim, organizada, alguém bate a porta e só de bater, já derrubo algo. Espio e vejo que é visita. Não escancarei a porta, apenas o suficiente para enxergar meus olhos.
Mas ele, todos os dias, faz a sua visita e eu abro mais um pouco. E ele me diz " Pra quê o medo da bagunça?"

E ele faz promessas, e me olha de um jeito que ninguém nunca olhou. E eu me sinto instigada a convidá-lo a tomar uma xícara de chá. Eu vou deixá-lo entrar.
Por que é, meu Deus, que tem que ser assim?

Quando a bagunça acaba e agente cuida do que ficou destruído. Quando tudo enfim ocupa seu lugar, vem alguém querendo entrar?"

Por Jennifer Javorski Cabral

quinta-feira, 10 de julho de 2014

 
"As pessoas doces não são ingênuas. Nem estúpidas. Nem indefesas. Na verdade, elas são tão fortes que se podem dar ao luxo de não usar qualquer máscara. São livres para ser vulneráveis, para sentir, para correr o risco de ser feliz."

Por Flavio Gonçalves Filho
"Coração de criança é mesmo teimoso. Resiste em esperança, mesmo quando tudo apresenta uma face contrária. É a natureza infantil quem alimenta essa crença de que tudo pode melhorar."
 
Por Jeferson Cardoso
''Ame a vida como ela é, com seus dias nublados outros com sol, com suas lágrimas e seus sorrisos, com seus contratempos e suas vitórias. Porque ela é especial. Devemos gerar coragem igual ao tamanho das dificuldades que enfrentamos.''

Por Dalai Lama

quarta-feira, 9 de julho de 2014


O sonho foi adiado, rumo ao hexa em 2018 com um melhor esquema tático e técnico de cabeça aberta!!!
 

quarta-feira, 2 de julho de 2014

 
"Três coisas que falam por nós: nosso comportamento, nossos amigos e nossas citações preferidas."

Por Marcio Kühne
Ela sempre lhe fora um suspiro, uma sugestão, a fração de um sonho, a frase perfeita de uma poesia, um sentimento e uma possibilidade, um encanto – tudo tão lindo, tudo tão distante.

Ele nunca negou a verdade, nunca negou a possibilidade de que ela existia e que seus sonhos não eram tão somente sonhos de noites amalgamadas com suspiros poéticos e desejos de amor.

Mas, algumas crenças, ainda que fortes, ficam tão no fundo das pessoas e soterradas por tantos outros desejos, aflições e emoções que, acabam virando o eco de um grito poderoso. Os ecos estão sempre distantes, ainda que presentes, distantes...

Quando ela chegou montada num corcel alado e sua voz anunciou-se dentro de seu mundo pequeno e poético, o grito veio para a superfície, novamente, e junto com ele a crença que se paria de uma placenta de sonho para dentro de um regaço de realidade.

Ele ficou ali, abobalhado, ruminando poesias para serem ditas e que foram esquecidas ante a surpresa do momento. Foram poucas as palavras, o silêncio entre ambos foi até maior do que deveria ter sido, mas, ele a sentiu do outro lado, ouviu a sua respiração, escutou sua voz suave, sentiu a batida do seu coração; para ele, não perguntem como, pareceu sentir até mesmo o cheiro da pele dela, alva como o sol da alvorada.

E, quando ela se foi, deixou em sua vida a fragrância de uma nova possibilidade, deixou instalado um novo sonho:

Iriam se ver...
 
 
Por Kyoto, Soul Society