quarta-feira, 14 de agosto de 2013


"O amor não possui nem pretende ser possuído.
Pois o amor basta-se de amor".

Por Khalil Gibran