quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Deixei de ser lagarta.......

 
"Levei anos como lagarta, outros tantos dentro do casulo e foi difícil para minhas asas  ganharem firmeza e finalmente voar!
Meio desengonçada por não saber usá -las  ... fui bambeando, palmeando... mas finalmente alcei voo.
E deixei dentro do casulo a culpa... a tristeza... os sonhos de princesa e parti para a vida realmente adulta."